sexta-feira, 11 de março de 2016

O esposo que pedi a Deus

Desde criança via o exemplo do meu pai dentro de casa. Um homem que não media esforços para o nosso bem estar (meu e dos meus irmãos), trabalhador, esforçado e com um bom humor que poucos têm. Não sei se isso é uma regra mas nós, meninas, quando crescemos e pensamos em nos casar e quando temos uma boa referência de pai, nós queremos encontrar alguém para as nossas vidas que venha a ser para nós e nossos filhos o que nosso pai foi pra gente. 

Já na fase adulta, sempre orei e pedi a Deus alguém segundo o coração Dele. E o Senhor foi bondoso para comigo ao me dar o Sam. Meu coração sempre sentiu paz e tudo aconteceu de uma forma tranquila. Após 1 ano e 4 meses estávamos trocando alianças no altar! Caso queira saber um pouco mais da nossa história e trajetória, basta acessar as postagens sobre "relacionamento" que tem aqui no Blog.

O que tenho a dizer diante disso tudo é que, você que ainda está solteira/solteiro e tem orado para o Senhor te apresentar a pessoa que será o seu esposo/esposa: não perca seu tempo se envolvendo com pessoas por motivos errados e egoístas. Em outras palavras: NÃO NAMORE APENAS POR NAMORAR (ou porque todos estão namorando ou ainda porque não quer ficar sozinho(a) no dia dos namorados ou no final do ano). O objetivo maior do namoro deve ser o casamento! Sendo assim, se não pensa em casar agora, por que vai namorar?!

Quando conheci o Sam, vi nele alguém que poderia sim ser meu esposo, não daqui a 10 anos, mas num tempo breve, pois enxerguei nele características de alguém comprometido com o Senhor e com as coisas de Deus, que tratava e trata bem as pessoas e a sua família. 

Sempre tive em mente duas coisas, basicamente:
1) por maior que fosse o nosso tempo de namoro, eu não iria conhecê-lo completamente e
2) ter "tudo pronto" para só então me casar, não era sinônimo de começar bem uma vida a dois. Talvez eu estivesse esperando até hoje! Sempre quis construir e conquistar tudo junto com ele. Não estou incentivando aqui o casamento inconsequente, mas querendo dizer que, mesmo que seu noivo não tenha "aquele emprego" ou que vocês não tenham adquirido a casa própria, nada disso, na minha humilde opinião, deve ser colocado como principal motivo para não casar agora. Acredito sim que é plenamente possível casar e providenciar tudo juntos!

Espero que tenha gostado dessa postagem. Deixe seu comentário, sua opinião sobre o tema. Desde já você é muito bem vindo(a)!

4 comentários:

  1. Concordo em número, gênero e grau!! É isso mesmo, falou e disse, palavras de sabedoria e atitudes sábias fazem toda diferença. Deus continue abençoando vocês, filhos amados! :)

    ResponderExcluir
  2. Presente dado por Deus, tem garantia eternamente!

    ResponderExcluir