quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Oração

Como é maravilhoso meditar na Tua Palavra, Senhor. Contudo, isso tem sido menos frequente no meio daqueles que se declaram teu povo. Não deveria ser assim. Deveríamos ter prazer na Tua lei e nela meditar de dia e de noite (Salmo 1:2) a fim de fazermos segundo tudo quanto está escrito (Josué 1:8).

Não reservamos mais sequer um momento do nosso dia para nos deleitarmos em Teus preceitos (Salmo 119:103)
Será que de fato temos amado os teus mandamentos mais do que o ouro? (Salmo 119:127).

Ah, Deus, como as coisas deste mundo têm nos embaraçado, nos afastado de Ti, têm arrancado nosso tempo para o Senhor, têm nos envolvido tão sutilmente... 

Temos tempo para escola/faculdade, trabalho, igreja, amigos, lazer com a família, viajar, namorar, fazer compras, dormir, comer e até tempo para não fazermos nada nós temos! 

Perdoa-nos por negligenciar a Escritura Sagrada, por não Te colocar em primeiríssimo lugar nas nossas vidas, por não conhecermos a Tua Palavra, por não fazermos dela a nossa regra de fé e prática e por não estarmos preparados para respondermos a todo aquele que nos pedir razão da esperança que há em nós (I Pedro 3:15)... perdoa-nos...

Por favor, Senhor, nos permitas falar [e viver] como disse o salmista: "Como amo a Tua lei! É a minha meditação, todo o dia!" (Salmo 119:97). Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário